quinta-feira, 18 de julho de 2024
publicidade publicidade

Veja os voos diretos internacionais que saem do DF

Além de Lima, no Peru, aeroporto também conecta passageiros diretamente a Lisboa, Cidade do Panamá, Miami, Orlando e Buenos Aires

Lima, no Peru, é a mais nova rota internacional com voo direto partindo de Brasília. Da capital também é possível embarcar diretamente para Lisboa (Portugal), Cidade do Panamá (Panamá), Miami e Orlando (Estados Unidos) e Buenos Aires (Argentina). Esse aumento de voos internacionais contou com a participação direta do Governo do Distrito Federal (GDF).

Com o objetivo de desenvolver atividades aeroportuárias, incrementar a oferta de voos internacionais e colaborar para a geração de empregos e renda no Aeroporto Internacional de Brasília, o GDF reduziu de 12% para aproximadamente 7% o ICMS incidente sobre o querosene de aviação (QAV) adquirido pelas companhias aéreas.

Segundo o secretário de Fazenda, Itamar Feitosa, após a concessão do benefício fiscal, já houve significativo crescimento do número de operações internacionais. “O número passou de 27 para 56 voos semanais, representando um aumento de 107%, no intervalo de junho de 2018 a fevereiro de 2020, indo na contramão de outros aeroportos nacionais, que tiveram em média uma queda de 3,7% em sua oferta de voos similares”, detalha.

“É uma grande conquista para a economia de ambos os países, pois significa geração de emprego e renda por meio do turismo”Cristiano Araújo, secretário de Turismo

Já o secretário de Relações Internacionais, Paco Britto, ressalta o potencial que o DF e as cidades vizinhas reúnem em conectar pessoas ao redor do mundo. Ele também lembrou o trabalho de aumentar o leque de opções de voos. 

“No relançamento do voo Brasília-Lima, pedi pessoalmente à Latam que reabra os voos para Santiago, no Chile, e Assunção, no Paraguai”, conta. “Somos um hub fundamental para gerar conectividade, uma cidade que está no centro da América do Sul, com cerca de 3,5 milhões de habitantes – e, se incluirmos o Entorno, são mais de 6 milhões de pessoas”.

Quem também comemora a abertura de mais uma rota direta saindo e chegando de Brasília é o secretário de Turismo, Cristiano Araújo: “É uma grande conquista para a economia de ambos os países, pois significa geração de emprego e renda por meio do turismo. Brasília está pronta para receber os peruanos, e nosso trade está alinhado para oferecer a melhor experiência aos visitantes que vão desembarcar para conhecer a capital de todos os brasileiros e se surpreender com as vivências dos nossos segmentos turísticos”. 

Veja, a seguir, a oferta para cada uma dessas cidades e como o Governo do Distrito Federal tem contribuído para a expansão de voos sem escala.

Por Agência Brasília

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília / Arte: Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados