terça-feira, 18 de junho de 2024
publicidade publicidade

Segurança do DF detalha planejamento para o Carnaval

São previstas ações para o Plano Piloto e regiões administrativas; Cidade Policial será montada ao lado da Torre de TV

A atuação das forças de segurança durante o Carnaval 2023 foi definida com ações específicas para o período a serem colocadas em prática a partir deste fim de semana. Representantes dos órgãos envolvidos reuniram-se no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), sob a coordenação da Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

“Desde janeiro, nossa equipe técnica, assim como representantes das forças de segurança e demais órgãos, como Secretaria de Cultura e Economia Criativa [Secec] e Administração Regional do Plano Piloto, tem se reunido para definição do melhor formato de atuação”, relata o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. “Este será o primeiro carnaval após o período de pandemia, e a expectativa é a de que a adesão do público seja grande. Estaremos preparados, por meio da integração e soma de esforços, para atuar nos dias de folia.”

Ao todo, 189 eventos carnavalescos foram cadastrados junto à SSP – a maior parte no Plano Piloto, principalmente no Setor Comercial Sul, Setor Bancário Norte, Eixo Cultural Ibero-americano, Praça dos Prazeres e estacionamentos 9 e 12 do Parque da Cidade. Os demais estão distribuídos nas regiões administrativas de Ceilândia, Taguatinga, Guará, Cruzeiro, Águas Claras, Sudoeste, Jardim Botânico, Planaltina, Riacho Fundo, Brazlândia, São Sebastião e Estrutural.

Em áreas residenciais e próximo a pontos comerciais, as festividades deverão terminar até as 23h. Os demais poderão seguir até 1h, sendo de oito horas o limite máximo de cada evento, acrescida uma hora para dispersão dos foliões. A limitação dos horários segue uma recomendação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Ciob

A folia será monitorada pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne 29 órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal (GDF) voltados para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização. “Com isso, vamos dar mais suporte às ações das forças de segurança que estarão em campo”, ressalta o titular da SSP.

Defesa Civil

“Encontrando-se qualquer irregularidade, será exigida a correção imediata”Coronel Gabriel Motta, coordenador de Operações da Defesa Civil

A  Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil fiscaliza toda a estrutura provisória dos eventos, verificando itens como  geradores, tendas, pórticos, arquibancadas, circuitos elétricos e carros de som, além da estabilidade e do aterramento de todas as estruturas. O foco é a segurança dos usuários.

Haverá vistorias para verificar se a situação de segurança permanece. “Encontrando-se qualquer irregularidade, será exigida a correção imediata, [podendo ser] realizada interdição parcial; ou, em situações mais graves, o evento pode ser suspenso”, alerta o coordenador de Operações da Defesa Civil, coronel Gabriel Motta.  

Caso o cidadão encontre situação de risco em um evento, deve entrar em contato imediatamente com a Defesa Civil, por meio do telefone 199. Há equipes de plantão 24h para atender as solicitações.

Cidade Policial

Para facilitar a atuação, as forças de segurança terão como base a estrutura da Cidade Policial, que será montada ao lado da Torre de TV. No local, que servirá como ponto de apoio aos agentes de segurança, haverá os comandos móveis das corporações.

Trânsito

“É essencial que todos fiquem atentos, mesmo aqueles que não forem participar dos eventos carnavalescos, para evitar dificuldades de deslocamento”, orienta o subcomandante do Batalhão de  Policiamento de Trânsito da PMDF, major Marcos Henrique. 

Há interdições previstas para domingo (19) e terça-feira (21) no Plano Piloto, devido à passagem de blocos. Nesses dias, a partir das 15h, o trânsito na via N1 será bloqueado nas proximidades da Torre de TV. Os motoristas serão direcionados para a via N2, entre os shopping centers da região e o Setor Hoteleiro Norte.

Os blocos carnavalescos se deslocarão até as proximidades do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e acessarão a via S1. O trânsito na S1 será transferido para o Parque da Cidade nesse momento. A liberação do trânsito ocorrerá após a dispersão e limpeza das vias, o que é previsto para a meia-noite.

Na terça, trânsito será bloqueado na altura da 302/303 Norte a partir das 16h, para desfile dos blocos

Também na terça-feira, há previsão de concentração de blocos carnavalescos na altura da 302/303 Norte. Os foliões seguirão até a 504 Sul, pela W3, via sentido Sul – Norte. O trânsito será bloqueado para veículos a partir das 16h, e a previsão de término dos desfiles dos blocos carnavalescos é para as 21h. “Não vamos fechar a via por completo”, antecipa o major Marcos Henrique. “O bloqueio será dinâmico, ou seja, de acordo com a passagem do bloco, assim como a liberação do trânsito”.

PMDF

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) vai empregar, diariamente, efetivo policial nos eventos no Plano Piloto e demais regiões administrativas com programação carnavalesca. O policiamento convencional permanecerá em todo o DF, assim como os atendimentos pelo telefone 190.  “A Operação Carnaval é um evento à parte, o que não compromete o policiamento já destinado nas demais regiões”, explica o chefe do departamento operacional da corporação, coronel Alcenor dos Santos.

Equipes especializadas também participarão do policiamento da Operação Carnaval 2023, como as da Cavalaria, Batalhão de Trânsito, motopatrulhamento e Batalhão de Operações Aéreas (Bavop) e de Cães (BPCães), além de Rotam e Choque.

O reforço do policiamento contará, ainda, com os policiais militares que se graduaram no último curso de Formação de Praças, em janeiro. “São mais de 300 militares que estarão à disposição do DOP para atuação durante o Carnaval”, afirma o coronel. “Após o período de Carnaval, eles serão distribuídos para unidades policiais”. Imagens de drones e das câmeras localizadas no comando móvel da corporação, que estará na região central de Brasília, vão contribuir com o policiamento.  

Ônibus de Tecnologia Estratégica, na Cidade Policial, terá câmeras de monitoramento

De acordo com Alcenor, haverá revistas pessoais nas proximidades dos blocos. “Vamos fazer abordagens nos arredores e dentro dos blocos, com foco na retirada de objetos que possam comprometer a segurança dos foliões, como objetos perfurocortantes”, adianta o chefe do departamento operacional. “O objetivo é que o brasiliense possa se divertir com segurança”.

Em parceria com órgãos de mobilidade, policiais militares reforçarão a segurança nas estações do metrô e na Rodoviária do Plano Piloto. “Esses locais costumam ter uma aglomeração de pessoas, principalmente na dispersão dos eventos, e vamos intensificar a atuação”, lembra o coronel

Na Cidade Policial, a corporação disponibilizará dois ônibus nos dias de folia. Um deles, o do comando-geral da operação, vai abrigar diariamente um oficial que será o responsável pela ação durante o Carnaval em todas as regiões administrativas do DF. Um outro veículo servirá como apoio – o chamado Ônibus de Tecnologia e Estratégia -, com câmeras de monitoramento e filmagem de até 15 metros em 360°, além de imagens por meio de drones.

Polícia Civil

A Delegacia Móvel da PCDF estará na Cidade Policial, onde será possível fazer o registro de ocorrências policiais e bloqueio de celulares roubados ou furtados, por meio do programa Fora da Rede.

Desta forma, não será necessário que policiais se desloquem até as delegacias da área central – 1ª e 5ª –  que também terão os plantões reforçados, assim como as delegacias da Criança e do Adolescente (DCA) e Especial de Atendimento à Mulher (Deam). A estrutura terá delegados, escrivães e agentes diariamente.

A Delegacia Móvel contará com o apoio do ônibus do Instituto de Identificação (II). O local servirá para identificação de pessoas, em casos da não apresentação de documentação pessoal em abordagens.

O posto contará ainda com o apoio de equipes compostas por agentes de custódia da corporação. Caso algum foragido seja reconhecido, será preso imediatamente e levado à 5ª DP.

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) ficará de sobreaviso e será acionada, caso necessário.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) reforçará as ações. Os militares estarão posicionados em pontos estratégicos, como Torre de TV, Autódromo, Setor Comercial Sul, Setor de Autarquias Norte e Parque da Cidade.

Ação integrada com a Secretaria de Saúde disponibilizará um ponto de atendimento médico próximo à Torre de TV

Também haverá militares em blocos com maior previsão de pessoas. Haverá efetivo e pessoal específicos para este período de Carnaval, independentemente do suporte fixo dos quartéis das adjacências. Ou seja, os grupamentos dos bombeiros localizados nas regiões administrativas, assim como os especializados, permanecem com os serviços ordinários e em prontidão para reforçar os atendimentos relativos ao Carnaval, caso seja necessário.

Na Cidade Policial, a corporação terá um comando móvel e viaturas em pronto emprego. Em atuação integrada com a Secretaria de Saúde (SES), por meio do Samu, será montada uma espécie de hospital de campanha nas proximidades da Torre de TV. O objetivo é atender pessoas que não necessitem de um atendimento médico de maior complexidade, para não sobrecarregar os hospitais da região, além de proporcionar um atendimento mais rápido e eficiente aos foliões que necessitarem de atendimento.

Para os dias de folia, a corporação pede atenção especial com crianças e idosos e orienta o público a alimentar-se de forma adequada, ingerir bastante água e fechar registro de água e gás ao sair de casa para evitar inundações e incêndio. Outra recomendação é a de, em ambientes fechados, observar a presença de brigadistas, preventivos e saídas de emergências.

Detran

O Detran está preparando uma série de operações de fiscalização e ações educativas para os dias de folia. Para a fiscalização, a Diretoria de Policiamento e Fiscalização de Trânsito prevê um total de 120 operações, divididas em 15 do tipo blitz e 45 de patrulhamento com abordagem, além de 60 pontos de demonstração em pontos estratégicos voltados para a fiscalização preventiva. Os agentes estarão presentes em aproximadamente 80 blocos carnavalescos, atuando no controle de tráfego e organizando o fluxo de veículos para garantir a segurança dos foliões.

As equipes estarão atentas às situações de estacionamentos irregulares. Por isso, é importante que o condutor que queira ir aos eventos de carro procure estacionar de forma correta, mesmo que precise estacionar um pouco mais distante. Permanece também a recomendação de que o condutor não ingira bebidas alcoólicas se for dirigir, pois esse será o foco das abordagens durante todo o período de Carnaval, mesmo em eventos diurnos.

A Diretoria de Educação do Detran elaborou um cronograma com ações de conscientização em bares e nos blocos, levando aos foliões a distribuição de materiais educativos, palestras e atrações culturais. 

Secretaria da Mulher

A Secretaria da Mulher estará presente na Cidade Policial na Torre de TV, durante o Carnaval, de sábado (18) a terça-feira (21), das 9h às 17h. Serão distribuídos folhetos informativos sobre os programas e projetos da pasta, que também programou bate-papo sobre o enfrentamento à violência contra a mulher e a importância da realização das denúncias.

“Todos nós devemos entender como é importante denunciar os casos de violência contra a mulher, porque a denúncia pode salvar uma vida, já que, por meio da denúncia, a mulher pode ser abrigada, receber medidas protetivas e o agressor ser punido”, reforça a secretária da Mulher, Giselle Ferreira.

Também haverá a distribuição de cartazes, nos principais pontos comerciais e bares do DF, incentivando as mulheres a pedirem ajuda caso se sintam em situação de vulnerabilidade durante os festejos no DF. Esse material também trará informações sobre canais de atendimento e de ajuda.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Por Agência Brasília Foto: Arte: SSP / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados