sábado, 20 de abril de 2024
publicidade publicidade

PF faz operação no DF contra fraudes no saque-aniversário do FGTS

A PF constatou fraudes na abertura e movimentação em mais de 50 contas bancárias abertas pela organização nos últimos três anos

Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (21/11), a Operação Casa Bday. A investigação foi iniciada em maio deste ano a partir de comunicação da Caixa Econômica Federal (CEF) indicando a fraude em antecipação de saque-aniversário do FGTS.

São cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nas residências dos integrantes da organização criminosa no Distrito Federal. Eles foram identificados a partir da documentação de abertura das contas.

A organização criminosa atua na região do Distrito Federal e Goiás. O grupo é responsável por fraudar a abertura de dezenas de contas bancárias utilizando documentos falsos. Os investigados também realizam outras fraudes, como a antecipação de saque-aniversário do FGTS e empréstimos consignados.

Segundo a PF, a organização criminosa usava um grupo de pessoas, que comparecia às agências bancárias com documentos falsos. Eles se passavam por terceiros com o objetivo de abrir contas e, a partir de então, começavam a aplicar golpes buscando subtrair valores da instituição financeira mediante fraude.

Os valores, por sua vez, eram transferidos para diversas contas de passagem para ocultar sua movimentação e distanciá-los da sua origem criminosa. Foram identificados, até o momento, fraudes na abertura e movimentação em mais de 50 contas bancárias abertas pela organização nos últimos três anos.

A PF ainda apura a participação de outras pessoas no crime. Os investigados responderão por estelionato qualificado, fraude em financiamento, falsificação de documento público, uso de documento falso e por integrar organização criminosa, sem prejuízo de outros crimes que possam ser identificados.

Por Mirelle Pinheiro, Carlos Carone da Metrópoles

Foto: Reprodução Metrópoles

Posts relacionados