segunda-feira, 15 de abril de 2024
publicidade publicidade
  • Mulher é mantida em cárcere pelo ex e torturada por oito horas no DF

    Crime ocorreu por volta de 23h, desta sexta-feira (13/10). Vítima sofreu agressões, foi enforcada e furada com uma faca

    Uma mulher foi mantida em cárcere privado durante oito horas pelo ex-companheiro, em Ceilândia, na QNM 24. De acordo com informações preliminares da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o homem teria ido até a casa da vítima para pegar alguns pertences por volta de 23h, desta sexta-feira (13/10). O suspeito, então, entrou na residência, pegou o celular da ex-mulher e viu uma conversa com outra pessoa. Neste momento, inconformado, começou a agredi-la. A vítima foi liberada após negociação do Corpo de Bombeiros e o autor foi preso pela PMDF.

    Ainda segundo a PMDF, o homem a enforcou até que ela desmaiasse. A vítima, que sofre com crises epilépticas, foi acordada pelo ex-companheiro com borrifadas de perfume no rosto. A ação, inclusive, fez com que ela ficasse com parte da boca queimada. Em seguida, ele a agrediu com golpes e a golpeou com uma faca. Depois, a trancou no quarto e ameaçou incendiar a casa e os quatro filhos da vítima, que são de pais diferentes.

    A refém foi liberada às 7h deste sábado (14/10). O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) chegou ao local e conseguiu negociar com o suspeito, que decidiu liberar a ex-companheira. O caso é investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Ceilândia (Deam II).

    Por Darcianne Diogo e Eduardo Fernandes do Correio Braziliense

    Foto: PMDF / Reprodução Correio Braziliense

    Posts relacionados