terça-feira, 16 de abril de 2024
publicidade publicidade

Ibaneis destaca avanço da Educação em posse do ministro Camilo Santana

O senador e ex-governador do Ceará assumiu o ministério nesta segunda-feira (02/01)

“A Educação é uma das áreas mais sensíveis e foi bastante abalada por conta da pandemia. Nós tivemos uma perda de conteúdo em todas as faixas etárias e, com essa força do ministro Camilo Santana, que demonstrou um excelente trabalho na área em seu estado, o Ceará, a gente espera também transferir isso para o Distrito Federal, fazendo um trabalho muito forte. É com muita esperança que a gente recebe a presença do ministro” Governador Ibaneis Rocha

Estreitar os laços com o governo federal na Educação e absorver a experiência de ensino do estado do Ceará são objetivos do Governo do Distrito Federal (GDF) neste ano que se inicia. É o que apontou o governador Ibaneis Rocha ao participar da posse do ministro da Educação (MEC), Camilo Santana, na manhã desta segunda-feira (2).

A presença do chefe do Executivo local na cerimônia abre um campo de interlocução com o governo federal eleito. Ibaneis Rocha tem mencionado, inclusive, o canal de diálogo com ministros nomeados e que ocupavam o cargo de governador em outros estados na legislatura anterior, a exemplo de Camilo Santana.

Sobre Santana, ex-governador do Ceará e senador eleito, Ibaneis Rocha disse que pretende fazer um trabalho de recuperação do ensino no DF e absorver as ideias implementadas no Ceará, estado de origem do agora ministro.

“A Educação é uma das áreas mais sensíveis e foi bastante abalada por conta da pandemia. Nós tivemos uma perda de conteúdo em todas as faixas etárias e, com essa força do ministro Camilo Santana, que demonstrou um excelente trabalho na área em seu estado, o Ceará, a gente espera também transferir isso para o Distrito Federal, fazendo um trabalho muito forte. É com muita esperança que a gente recebe a presença do ministro”, disse Ibaneis Rocha.

Presente ao evento, a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, destacou ações no radar do governo federal e que beneficiam a rede pública de ensino da capital, como a elaboração do novo Plano Nacional de Educação (PNE), o reforço da merenda escolar, o levantamento de escolas e creches com obras paradas e o Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic).

“Recebemos com muita alegria o ministro Camilo Santana, que tem uma experiência muito grande na área da Educação no Ceará, avançou muito nas políticas públicas, avançou muito na alfabetização na idade certa, e a gente quer exatamente seguir com essa parceria com o MEC, justamente nesse olhar voltado para os nossos estudantes”, pontuou Hélvia Paranaguá.

Em seu discurso, Camilo Santana disse que o grande foco será a alfabetização dos alunos na idade certa, mas que também vai trabalhar pela ampliação do ensino integral, na redução da evasão escolar e no fortalecimento da parceria entre governo federal e estados e municípios. “É necessário recuperar uma visão sistêmica da educação, que vai da creche até o ensino superior, e o governo federal precisa estar junto dos estados e municípios nessa luta”, discursou o ministro Camilo Santana.

 

Por Agência Brasília

Foto: Renato Alves / Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados