terça-feira, 23 de abril de 2024
publicidade publicidade

Governo garante esquema de segurança reforçado para o Dia da Independência

Devido aos atos de 8 de janeiro, ações de inteligência e integração entre órgãos de governo foram intensificadas. Secretário executivo da SSP garante que, até o momento, nenhuma ameaça compromete o desfile da Independência

Por conta dos atos antidemocráticos de 8 de janeiro, o esquema de segurança realizado pelos órgãos do governo local para o primeiro grande evento após essa data foi reforçado no Distrito Federal. As inteligências de todos os órgãos envolvidos foram integradas com o objetivo de garantir o bom funcionamento do desfile de 7 de Setembro. Segundo o secretário executivo da Secretaria de Segurança Pública, Alexandre Patury, todas as ameaças e mobilizações relacionadas a manifestações para essa data estão sendo monitoradas, mas ele garantiu que nenhum alerta assombra, de fato, a segurança do evento.

O Gabinete de Mobilização Institucional se reuniu para alinhar ações de segurança do desfile. O grupo é composto por órgãos e secretarias do Governo do Distrito Federal (GDF) e foi instituído com o objetivo de integrar informações e planejamentos em torno da segurança para o Dia da Independência na capital. A expectativa de público é de 30 mil pessoas, mas as forças de segurança estarão de prontidão para reforçar ainda mais o efetivo policial, caso esse número seja maior.

“Tudo está mapeado. Eventuais manifestações estão sendo consideradas. Não há descarte de informações. Tudo é avaliado. Até o momento, não registramos nada efetivo ou nada organizado que possa comprometer a segurança do desfile. Continuamos vigilantes”, afirmou Alexandre Patury. “Nunca os órgãos do GDF e governo federal estiveram tão unidos. Nossas inteligências são praticamente uma só. Tudo isso é fruto de um aprendizado que aconteceu na dor e nos fez crescer e integrar. Nós crescemos em união e integração”, acrescentou.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), Adão Teixeira de Macedo, o planejamento colocado no evento tem condições de fazer frente a qualquer ameaça. “Não estamos desprezando nenhuma hipótese. Até o momento, não temos nenhuma hipótese de ação coordenada, mas reforçamos as ações de inteligência. Redes sociais estão sendo monitoradas. Se necessário, a PM vai modular o planejamento para fazer frente a qualquer ação”, garantiu. “É impressionante a estrutura que está sendo montada para o desfile. Será uma bela festa, onde as pessoas poderão comparecer sem nenhum tipo de medo do que aconteceu no passado”, completou o delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Cândido.

A comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Mônica Mesquita, divulgou que a corporação colocará 200 militares no local com 10 viaturas de combate a incêndio, salvamento e primeiros socorros, além de mais sete viaturas que estarão nas regiões próximas. “Poderemos atuar com incremento de mais militares, caso necessário. Estamos preparados para qualquer situação”, declarou.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) também estará presente. De acordo com o diretor-geral, Takane do Nascimento, haverá 100 agentes trabalhando desde as primeiras horas até o final do dia, além de 50 veículos caracterizados, outros velados, seis guinchos, seis motos e uma aeronave de prontidão. “Estaremos com todo o nosso aparato nas cidades e, se houver necessidade, serão deslocados para a área central”, destacou.

O efetivo total não foi divulgado por questões de segurança. Como apoio às equipes, a região será monitorada por meio de imagens de câmeras, drones e informações enviadas ao Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob).

Serviço

A partir das 21h desta quarta-feira (6/9), será proibido o trânsito de veículos na Esplanada dos Ministérios. O bloqueio será entre a alça leste da Rodoviária do Plano Piloto e o 1º Grupamento de Bombeiro Militar. A partir das 6h de quinta-feira, o trecho entre o 1º Grupamento do CBMDF, passando pela L4 Sul, até as proximidades da Ponte JK (sentido Plano Piloto – Lago Sul), estará suspenso para abrigar os veículos blindados que participarão do desfile. As vias N3 e S2 terão trânsito livre, assim como o Buraco do Tatu (ligação entre Asa Sul e Norte, próximo à Catedral). Ambulantes cadastrados poderão acessar o local destinado para vendas entre as 21h e as 23h50. Após esse horário, será feita a retirada de veículos não autorizados da Esplanada.

Por Mila Ferreira do Correio Braziliense

Foto: Mila Ferreira/CB/D.A Press / Reprodução Correio Braziliense

Posts relacionados