quinta-feira, 18 de julho de 2024
publicidade publicidade

Falso Negativo: ex-secretário do DF e outros 14 réus são absolvidos

O juiz entendeu que as provas não poderiam ser aproveitadas por terem sido colhidas em buscas e apreensões e quebras de sigilos

A 12ª Vara Federal do Distrito Federal absolveu todos os 15 réus da Operação Falso Negativo, que prendeu toda a cúpula da Secretaria de Saúde do DF em 2020, durante a pandemia de covid-19.

O juiz federal Marcus Vinicius Reis Bastos entendeu que as provas relacionadas à denúncia não poderiam ser aproveitadas por terem sido colhidas em buscas e apreensões e quebras de sigilos.

Sendo assim, o juiz decidiu pela absolvição, não analisando se houve, de fato, irregularidades na ação ou no processo de compra de testes rápidos de covid-19 pela pasta.

Entre os acusados pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), está o ex-secretário de Saúde, Francisco Araújo, subsecretários e empresários.

Segundo o processo, o grupo teria superfaturado na compra de testes rápidos de coronavírus. Eles foram acusados pelos crimes de organização criminosa, dispensa indevida de licitação, fraude à licitação e peculato.

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Agência Brasília / Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados