quinta-feira, 18 de abril de 2024
publicidade publicidade

DF ocupa posição de destaque em pesquisa sobre saneamento e água

Levantamento do IBGE mostra que 94,1% das residências urbanas têm ligação com a rede de esgoto e 97,7% têm a rede geral como principal forma de abastecimento de água

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referente ao ano de 2022 mostra que o Distrito Federal está entre as unidades da Federação com melhor índice de domicílios urbanos ligados à rede de esgoto e com rede geral de água como principal forma de abastecimento, além de disponibilidade diária de água. As melhores performances no quesito esgoto são de São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais e Rio de Janeiro nesses estudos. No tópico água, os estados em destaque são Distrito Federal, Santa Catarina e Roraima.

“O corpo técnico da Caesb trabalha continuamente para entregar o melhor serviço de saneamento e água com a melhor qualidade e continuidade. Prova disso é que a empresa alcançou os níveis de universalização previstos no novo marco legal do saneamento básico com 13 anos de antecedência”Pedro Cardoso, presidente da Caesb

Os dados da Divisão de Características Gerais dos Domicílios e dos Moradores 2022 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua mostram que 94,1% das residências urbanas do DF possuem ligação na rede de esgoto. A pesquisa aponta que 97,7% dos domicílios urbanos da capital do país têm a rede geral como principal forma de abastecimento de água. Os índices são muito maiores do que o percentual médio brasileiro de domicílios urbanos ligados à rede geral coletora de esgoto em 2022, que foi de 78%.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) é responsável pela coleta e tratamento de esgoto e pela distribuição de água no DF. Para a continuidade da excelência dos serviços prestados pela empresa, os investimentos para os próximos anos estão alinhados ao Plano Distrital de Saneamento Básico, relacionados à expansão e melhoria dos sistemas e ao controle e redução das perdas de água na distribuição. Estão previstos ao todo R$ 2,8 bilhões em investimentos para a Estratégia de Longo Prazo 2023-2027.

Para o presidente da Caesb, Pedro Cardoso, a pesquisa retrata a realidade dos serviços prestados pela companhia à população. “O corpo técnico da Caesb trabalha continuamente para entregar o melhor serviço de saneamento e água com a melhor qualidade e continuidade. Prova disso é que a empresa alcançou os níveis de universalização previstos no novo marco legal do saneamento básico com 13 anos de antecedência”, relata o presidente.

A Caesb atende mais de 3 milhões de habitantes, captando água de cinco subsistemas produtores, constituídos por captações superficiais e subterrâneas, abastecendo 99% da população. Em 2022, a companhia produziu 258.310,66 milhões de metros cúbicos de água.

Atualmente, a empresa conta com 13 estações de tratamento de água (ETAs), incluindo a ETA Corumbá, e 15 estações de tratamento de esgotos (ETEs); 102 estações elevatórias de esgoto bruto e uma estação elevatória de esgoto tratado. A rede de água soma 9.681,5 km de tubulações espalhadas por todo o Distrito Federal e 7.618,5 km de redes coletoras de esgoto.

*Com informações da Caesb

Por Agência Brasília

Foto: Marco Peixoto/Ascom Caesb / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados