terça-feira, 18 de junho de 2024
publicidade publicidade

Desembargador e filho são suspeitos de venda de sentenças para traficantes

Começou, na manhã desta terça-feira (14/03), a Operação Habeas Pater, onde a Polícia Federal busca combater crimes de corrupção ativa e passiva. As buscas estão sendo feitas em um escritório de advocacia localizado na Asa Norte.

O desembargador Cândiro Ribeiro, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), e seu filho, o advogado Ravik de Barros Bello Ribeiro, estão sendo investigados por venda de sentenças para traficantes. Caso sejam condenados, poderão pegar até 12 anos de prisão.

Além disso, o objetivo da operação é também investigar o suposto envolvimento de ambos com investigados da Operação Flight Level II, que também começou hoje e busca combater tráfico internacional de drogas, organização criminosa e lavagem de dinheiro em Belo Horizonte, São Paulo e Florianópolis.

Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão da Operação Habeas Pater, sendo um em Brasília, sete em Belo Horizonte-MG e um em São Luís-MA.

Por Camila Bairros do Jornal de Brasília

Foto: PF / Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados