terça-feira, 23 de abril de 2024
publicidade publicidade

Colônia Agrícola 26 de Setembro recebe GDF Mais Perto do Cidadão

Comunidade localizada em Vicente Pires teve atendimento de diversos órgãos públicos na sexta e neste sábado; encerramento contou com a presença da vice-governadora Celina Leão

O programa GDF Mais Perto do Cidadão movimentou a Colônia Agrícola 26 de Setembro, em Vicente Pires, durante a sexta (29) e neste sábado (30). Os moradores da região aproveitaram os serviços públicos oferecidos no evento, que, em sua 13ª edição, contou com a presença da vice-governadora do DF, Celina Leão, no encerramento das atividades. 

Uma das características do GDF Mais Perto do Cidadão é levar às regiões administrativas atendimentos sociais, médicos, psicológicos, assistenciais e jurídicos, além de atividades culturais e de lazer. Tudo de graça. 

“Quando pensamos na expectativa de crescer esse projeto, já havia o Sejus Mais Perto do Cidadão”, lembrou a vice-governadora. “Esse projeto é tão belo que nós crescemos, e agora ele é uma iniciativa de governo, de todo o governo do DF para a população.”

O GDF Mais Perto do Cidadão foi instituído por decreto publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) em 8 de fevereiro deste ano. As 12 primeiras edições passaram pelo Riacho Fundo II, Ceilândia, Planaltina (duas vezes), Sobradinho, Samambaia, Brazlândia, Itapoã, Recanto das Emas, São Sebastião, Santa Maria e Sobradinho II.

Atendimento diversificado

A estrutura foi montada na Rua 1 da colônia agrícola, logo na segunda entrada. Os moradores aproveitaram para vacinar os pets, receber orientações jurídicas da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), fazer cadastro em programas sociais do GDF e acessar todos os serviços disponíveis no Na Hora.

O atendimento envolve a participação de vários órgãos do governo, como Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), Defensoria Pública (DPDF), Polícia Civil (PCDF), Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), Polícia Rodoviária Federal e Departamento de Trânsito (Detran).

Saúde e lazer

Um dos serviços mais procurados foi a vacinação. A dona de casa Fernanda Pereira da Silva, 26, levou a filha Emilly para tomar vacina contra a gripe. “Estou gostando muito do programa”, disse. “A gente tem vários serviços disponíveis, tudo bem pertinho de casa”.‌

Além das vacinas, o GDF Mais Perto do Cidadão oferece exames e consultas médicas, que vão desde aferição de pressão até atendimento odontológico. A garotada também se divertiu com algodão-doce, pipoca, cama elástica, música ao vivo e apresentações teatrais.

A aposentada Iraci da Fonseca, 59, se divertia com o teatro de fantoche. “Acho divertidíssimo”, contou, “Já passei no estande do Ministério Público para resolver uma pendência do meu antigo emprego e agora vou aproveitar. Ganhei até um vasinho de flor, estou adorando”.

Para o pedreiro Josineto Santos, 32, o ponto alto do GDF Mais Perto do Cidadão foi o corte de cabelo gratuito. “Trouxe meus três filhos para cortar, vai ser uma economia grande para a família”, comentou. “Depois, vou deixar as crianças brincarem no pula-pula antes de irmos para casa, que fica aqui pertinho. Tudo muito prático”.

Regularização

O sonho de ter a Colônia Agrícola 26 de Setembro devidamente regularizada começou a se concretizar em novembro do ano passado, quando o Congresso Nacional aprovou os novos limites da Floresta Nacional de Brasília (Flona).

Mesmo antes disso, o Governo do Distrito Federal já trabalhava com medidas paliativas para garantir mais qualidade de vida e segurança aos moradores. “A 26 de Setembro é muito querida para nós”, afirmou a vice-governadora. 

A ação do GDF já se mostra presente. “Criamos um grupo de trabalho, com vários órgãos, para agilizar a regularização”, explicou Celina. “A 26 de Setembro vai ser uma das melhores cidades para se morar. Vamos trazer asfalto, infraestrutura, hospital, escolas e creches”. 

Prioridade

“Todos os projetos de governo são feitos por vocês e para vocês”, declarou a secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani. “A 26 de Setembro é prioridade para o Governo do Distrito Federal. É um evento para toda a família.”

Também presente à 13ª edição do programa GDF Mais Perto do Cidadão, o secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, afirmou que, durante o processo de regularização, intervenções são feitas recorrentemente para levar qualidade de vida aos moradores. 

“Estamos trabalhando no projeto urbanístico da cidade”, declarou. “Depois de aprovado, teremos uma audiência pública e, então, teremos condições de fazer a implementação da estrutura completa na cidade, que deve ficar em cerca de R$ 500 milhões. Estamos fazendo investimentos neste núcleo habitacional para que ele tenha condições de funcionamento até que a regularização seja concluída.”

Com informações da Agência Brasília

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto:  Joel Rodrigues/Agência Brasília / Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados