sábado, 20 de julho de 2024
publicidade publicidade

Aplicativo vira ferramenta para violência contra adolescentes

O Ministério Público de São Paulo investiga também a responsabilização do Discord, pela falta de segurança da plataforma

O Discord é um aplicativo de voz gratuito projetado, inicialmente, para comunidades de jogos, por isso, ganhou popularidade entre adolescentes. Porém, desde abril, de acordo com reportagem do Fantástico, a plataforma virou uma ferramenta para envolver jovens em um ambiente de extrema violência.

Segundo o delegado Fábio Pinheiro Lopes, que acompanha o caso, os criminosos odeiam mulheres. Nas conversas, usam da chantagemc om a vítima, para que sejam cumpridos desafios. Se ela não aceitar, fotos íntimas são vazadas.

No computador do criminoso foi achada uma coleção cruel: “back up das vagabundas estupráveis”, com pastas com nome de dezenas de meninas. Há denúncias de 10 vítimas, e o principal criminoso, Izaquiel Tomé dos Santos, conhecido como Dexter, está preso desde abril.

Ele admitiu à Polícia Federal ter chantageado as garotas para que elas se mutilassem. Na última sexta-feira (23), a PF prendeu outros dois criminosos que agiam na plataforma, e identificaram um outro, Carlos Eduardo, que está foragido.

O Ministério Público de São Paulo investiga também a responsabilização do Discord, pela falta de segurança da plataforma.

Por Camila Bairros do Jornal de Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados