segunda-feira, 15 de abril de 2024
publicidade publicidade
  • Madonna homenageia vítimas da Aids em abertura de turnê após internação

    Cantora deu início à celebração de 40 anos de carreira em Londres, chamou os filhos ao palco e exaltou Freddie Mercury

    Cerca de três meses após ter sido internada por causa de uma infecção bacteriana grave, Madonna voltou aos palcos e abriu sua turnê comemorativa de 40 anos de carreira na noite deste sábado (14) em Londres, na Inglaterra.

    Nos palcos da 02 Arena, localizada em Greenwich, a cantora de 65 anos relembrou sua estada na UTI. Ela disse que “não achava que sobreviveria” e os “médicos também não”, segundo relato da revista Rolling Stone.

    Um dos pontos altos da apresentação foi a homenagem que a cantora fez a vítimas da Aids. Enquanto cantava “Live to Tell”, ela sobrevoou a arena em uma plataforma enquanto retratos de amigos perdidos para a doença eram exibidas em telas retráteis. Entre os homenageados, estavam o cantor Freddie Mercury e o artista visual Keith Haring.

    Outro momento marcante foi quando Madonna convidou as filhas para subirem ao palco. Mercy James, de 17 anos, tocou “Bad Girl”. Outra filha, que o público não soube identificar, participou da apresentação dançando no palco para uma plateia de 20.000 pessoas.

    Para sua 12ª turnê, que marcou sua volta aos palcos depois da “Madame X Tour”, realizada em 2019, Madonna chegou a ensaiar 12 horas por dia, de acordo com o site de notícias de entretenimento americano Page Six.

    Batizada de “Celebration Tour”, a turnê, que inclui hits de todos os seus álbuns, passará pelas principais capitais da Europa. Em seguida, a cantora deve se apresentar pelos Estados Unidos, pelo Canadá e pelo México. Ainda não há informações sobre a possibilidade de o show acontecer no Brasil.

    Por Redação do Jornal de Brasília

    Foto: AFP / Reprodução Jornal de Brasília

    Posts relacionados