quinta-feira, 18 de abril de 2024
publicidade publicidade

Presidente da Comissão de Transporte da CLDF visita Túnel de Taguatinga

Na companhia do secretário de Obras, Luciano Carvalho, o deputado distrital Max Maciel foi apresentado ao complexo viário nesta sexta (31/03)

O Túnel de Taguatinga recebeu, nesta sexta-feira (31/03), a visita do presidente da Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado distrital Max Maciel (Psol). Junto com o secretário de Obras, Luciano Carvalho, e o administrador de Ceilândia, Dilson Resende, o parlamentar acompanhou de perto a etapa final da construção do complexo viário. E comemorou o impacto positivo que a obra terá no trânsito da região.

“Também mostramos nossa preocupação com a qualidade e a segurança. São aspectos importantes para que o deputado tenha noção de como o dinheiro está sendo investido”Luciano Carvalho, secretário de Obras

“A visita ao túnel permitiu não só acompanhar o andamento da obra, mas também entender como ela vai facilitar a mobilidade urbana”, comentou Max Maciel. “A gente sabe que as cidades crescem, o trânsito fica mais intenso… Precisamos reduzir o transporte individual e aumentar o acesso ao transporte público. E isso se faz, também, com obras de engenharia e infraestrutura, como a criação dos corredores para ônibus.”

O boulevard do Túnel de Taguatinga será reservado para uso exclusivo do BRT, sigla em inglês para bus rapid transit (ônibus de trânsito rápido). O complexo viário faz parte do Corredor Eixo Oeste. O mais ambicioso projeto de mobilidade urbana do Distrito Federal foi idealizado para permitir que os coletivos viagem do Sol Nascente até a área central do Plano Piloto em apenas 30 minutos.

Durante a apresentação do Túnel de Taguatinga ao parlamentar, o secretário Luciano Carvalho aproveitou para pontuar as questões técnicas mais relevantes da obra. “Também mostramos nossa preocupação com a qualidade e a segurança”, contou. “São aspectos importantes para que o deputado tenha noção de como o dinheiro está sendo investido”, completou. A construção do complexo viário ficou em R$ 275.744.558,87.

O administrador de Ceilândia acompanhou a visita com otimismo. “A população da nossa cidade está ansiosa para receber essa obra”, observou. “A construção afetará diretamente o trajeto que as pessoas fazem entre casa e trabalho. Um deslocamento mais rápido implica em mais qualidade de vida”. Além de Dilson Resende, também estavam presentes representantes da Administração Regional de Taguatinga.

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Secretaria de Obras / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados