sábado, 20 de abril de 2024
publicidade publicidade

PF mira lavagem de dinheiro no DF

A soma dos valores movimentados através de empresas de fachada pode ultrapassar R$ 15 milhões, de acordo com a polícia

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (23/05) uma operação para investigar a prática de lavagem de dinheiro e condutas correlatas. Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Distrito Federal.

De acordo com as investigações, foram apontados indícios da existência de diversas empresas fantasmas sem comprovação de atividade, utilizadas, tão somente, para receber recursos de origens duvidosas e em montantes incompatíveis com os rendimentos declarados. A soma dos valores movimentados através delas pode ultrapassar R$ 15 milhões.

Diversas foram as movimentações financeiras de valores significativos, incompatíveis com a capacidade financeira dos investigados. A polícia também constatou a abertura de diversas contas bancárias em pouco tempo, inclusive, com solicitação de recebimento de recursos através de câmbio, ingresso do exterior, sem justificativa da origem dos recursos.

Inicialmente, foram expedidos 15 mandados de busca e apreensão. Porém, ao verificar a inexistência física das empresas, foram cumpridos e quatro mandados de busca e apreensão em desfavor de pessoas físicas.

A operação denominada “Indigno”, faz alusão ao antônimo do nome de uma das empresas investigadas. Foram mobilizados 18 policiais federais para o cumprimento dos mandados.

Por Tereza Neuberger do Jornal de Brasília

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil / Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados