sábado, 20 de julho de 2024
publicidade publicidade

Mulher é sequestrada após embarcar em lotação pirata no DF

Os autores tinham a intenção de manter a vítima em cativeiro e realizar retiradas diárias do valor do resgate depositado em sua conta, um plano que foi frustrado pela atuação da polícia

Uma funcionária de uma cafeteria, situada no extremo da Asa Norte, foi vítima de um sequestro após encerrar seu turno noturno. Ela embarcou em um transporte irregular, conhecido como lotação pirata. Ao chegar à Rodoviária do Plano Piloto, foi impedida de sair do veículo, momento em que os criminosos, que ocupavam os papéis de motorista e cobrador, anunciaram o sequestro. A ausência das maçanetas internas nas portas traseiras do veículo dificultou qualquer tentativa de fuga por parte da vítima.

A funcionária foi levada até um cativeiro localizado no Distrito de Campos Lindos, no Município de Cristalina/GO, onde passou a primeira noite sob a custódia dos sequestradores. Na manhã seguinte, a família da vítima recebeu um pedido de resgate.

Ao longo do dia, o resgate foi pago, contrariando as orientações da Divisão de Repressão ao Sequestro – DRS/CORPATRI. No entanto, a vítima não foi libertada conforme o acordado.

Após a identificação do motorista do veículo usado no crime, as autoridades conduziram uma operação noturna no Distrito de Campos Lindos, o que forçou os sequestradores a libertarem a vítima na manhã seguinte, na região de Sobradinho/DF.

Os autores foram identificados, e as forças de segurança localizaram tanto o cativeiro quanto o veículo utilizado no crime.

Por João Victor Rodrigues do Jornal de Brasília

Foto: Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados