quinta-feira, 18 de abril de 2024
publicidade publicidade

GDF vai financiar projetos de educação e de saúde para idosos

Organizações da sociedade civil podem apresentar propostas de segunda-feira (09/01), até 27 de fevereiro; edital estabelece o teto de R$ 116,5 mil por OSC

Organizações da sociedade civil (OSCs) têm prazo da próxima segunda-feira (09/01) até 27 de fevereiro para apresentar projetos que poderão ser financiados integral ou parcialmente com recursos do Fundo dos Direitos do Idoso do Distrito Federal (FDI). Por meio de termo de colaboração entre as OSCs e a administração pública, serão acolhidos projetos voltados ao atendimento social, educacional e de saúde à pessoa idosa.

O edital tem o valor total de R$ 699 mil e estabelece o teto de R$ 116,5 mil por OSC. Cada organização pode apresentar até dois projetos.

Segundo o Edital de Chamamento Público n° 3/2022, serão consideradas as seguintes linhas de ação: saúde e prevenção, assistência ao longo da vida, educação e aprendizagem, desenvolvimento econômico, participação social, segurança social, segurança financeira, segurança física e meio ambiente.

O envio da ficha de inscrição, da proposta simplificada e da planilha orçamentária deve ser feito exclusivamente pelo e-mail editaiscdi@sejus.df.gov.br. As propostas serão analisadas pela comissão de seleção entre 28 de fevereiro e 24 de março. Segundo o cronograma, o resultado provisório da seleção será divulgado em 28 de março, e o resultado final, em 6 de abril.

O FDI é gerido pelo Conselho dos Direitos do Idoso (CDI), que tem o objetivo de prover recursos financeiros e meios capazes de garantir, de forma ágil, o financiamento de programas, projetos e serviços voltados para a política de promoção, proteção, garantia e defesa dos direitos de pessoas idosas.

“Essas propostas desempenham o papel de ofertar serviços de interesse público sem fins lucrativos, para o fortalecimento e qualificação das políticas públicas voltadas às pessoas idosas do Distrito Federal”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Acesse a lista de documentos do chamamento público.

*Com informações da Sejus

 

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Sejus / Reprodução Agência Brasília

Posts relacionados