quinta-feira, 18 de abril de 2024
publicidade publicidade

Brasília será sede dos Jogos da Juventude 2025

Após oito anos, capital federal voltará a receber o evento que reúne os principais atletas do Brasil com até 17 anos

É oficial! Brasília será sede dos Jogos da Juventude 2025. O anúncio foi realizado nesta noite, durante a cerimônia de abertura dos Jogos da Juventude 2023, em Ribeirão Preto/SP. Em abril deste ano a Secretaria de Esporte e Lazer formalizou a candidatura da capital para sediar o evento.

“Brasília respira esporte. Temos toda a estrutura necessária, com o fácil acesso aos locais de jogos e equipamentos públicos e facilidade em relação aos hotéis, por serem próximos da área central, além da questão de ser um polo gastronômico”Júlio Cesar Ribeiro, secretário de Esporte e Lazer

O secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro, comemora a conquista. “Estamos muito felizes com essa notícia. Trabalhamos fielmente para demonstrar que Brasília é o local ideal para receber essa competição”, afirma.

O gestor destaca, ainda, os atributos da capital que foram decisivos na escolha da sede. “Brasília respira esporte. Temos toda a estrutura necessária, com o fácil acesso aos locais de jogos e equipamentos públicos e facilidade em relação aos hotéis, por serem próximos da área central, além da questão de ser um polo gastronômico”, completa Ribeiro. A cidade já recebeu três edições dos Jogos da Juventude.

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), o evento reúne anualmente mais de 4,5 mil atletas de até 17 anos – estudantes de escolas públicas ou privadas – para competir em 18 modalidades esportivas: águas abertas, atletismo, badminton, basquete, ciclismo, esgrima, ginástica rítmica, ginástica artística, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, tiro com arco, triatlo, voleibol, vôlei de praia e wrestling.

Cerca de 15 equipamentos esportivos da capital foram indicados como potenciais palcos dos jogos, como o Parque da Cidade, o Centro Internacional de Convenções do Brasil e o Comando Militar do Planalto.

*Com informações da SELDF

Por Agência Brasília

Foto: Reprodução Comitê Olímpico Brasileiro

Posts relacionados