quarta-feira, 19 de junho de 2024
publicidade publicidade

Bancada do DF é contra criação de Guarda Nacional

Além de discutir a criação da Guarda Nacional, o grupo se mostrou contrário à permanência de Marcola em Brasília

Reunião realizada na manhã desta quinta-feira (02/02) juntou Izalci Lucas, líder do PSDB no Senado Federal, com integrantes da bancada distrital no Congresso. Esteve presente também o novo secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar. Celina Leão, governadora em exercício, não compareceu.

Foi discutido o Fundo Constitucional do DF; a articulação para barrar a PEC que pretende criar uma Guarda Nacional e federalizar a segurança pública de Brasília; a transferência de Marcola, líder do PCC, da Penitenciária Federal de Brasília.

“Não queremos que a Guarda Nacional tenha envolvimento com a segurança da Esplanada. É desnecessário”, afirmou Izalci Lucas, acrescentando também que a bancada do DF pretende atuar na CPI que vai investigar os atos terroristas ocorridos em 8 de janeiro.

O senador também defendeu o retorno de Ibaneis Rocha ao cargo, afastado desde o dia 9 de janeiro. Depois dos atos terroristas, Celina Leão, a vice-governadora, assumiu o cargo por 90 dias a mando de Alexandre de Moraes, ministro do STF.

Wellington Luiz, presidente da Câmara Legislativa do DF, e os deputados federais Alberto Fraga (PL-DF), Bia Kicis (PL-DF), Reginaldo Veras (PV-DF)e Erika Kokay (PT-DF), além da senadora Leila Barros (PDT-DF), também participaram do encontro.

Por Camila Bairros do Jornal de Brasília

Foto: Reprodução/Instagram / Reprodução Jornal de Brasília

Posts relacionados